SEXO: Exercício de Pomparismo

 

O pompoarismo é uma técnica milenar de origem tailandesa que tem por objetivo exercitar os músculos vaginais a fim de ter maior controle sobre eles, melhorando assim a oxigenação da região, prevenindo incontinências urinárias, aumentando a força da contratura vaginal e consequentemente dando maior prazer ao homem e á mulher.

As técnicas de pompoarismo respeitam os princípios do fisioculturismo: exercício, determinação, uso da mente e repetição. Os resultados do pompoarismo começam a surgir após 6 meses de treinamento diário e a mulher irá exercitar a musculatura que circunda a vagina, incluindo o anus e o períneo também.

É sabido que os orgasmos das mulheres que praticam pompoarismo são muito melhores, até mesmo porque o exercício aumenta a vascularização do local, aumentando em muito a sensibilidade do clitóris internamente (saiba que o seu clítoris é muito maior do que você pensa) e quando á a compressão do músculo vaginal segundos antes do orgasmo a mulher pode senti-lo mais fortemente. No homem, as sensações de prazer são mais óbvias ainda, visto que a vagina estaria capacitada de fazer com o pênis o que a mão faria, ou seja, a força aplicada do músculos vaginal sobre o pênis tem resultado indescritível. Segundo os homens, eles nunca esquecem o sexo com uma mulher que faz pompoarismo.

E já que os exercícios são fáceis e o resultado inesquecível, vamos começar a praticar?

1. Sentada numa cadeira, contraia os músculos da vagina como se apertasse algo dentro dela. Conte até três e relaxe. Repita dez vezes. Depois, contraia e relaxe rapidamente, como se quisesse imitar o ritmo de uma respiração ofegante. Conte até dez novamente. Total: 20 repetições.

2. Deitada, flexione as pernas e eleve o quadril, da mesma forma como se faz pilates. Fique apoiada apenas sobre os ombros e os pés. Contraia o bumbum, conte até três e solte. Faça dez vezes. Deite na cama e relaxe o corpo por alguns instantes. Depois, volte à posição anterior e contraia o ânus em três tempos, sem relaxar entre um e outro: de leve, mais forte e com toda a intensidade. Faça dez vezes. Relaxe e repita o exercício, só que dessa vez você irá contrair não só o ânus, mas também a vagina como se quisesse sugar alguma coisa com ela. Mais dez vezes. Total: 30 repetições.

3. Recostada na cama, separe as pernas e deixe-as semiflexionadas. Pegue uma banana e coloque um preservativo em torno dela, introduza na vagina. Faça dez vezes. Depois, tente sugar a banana com a vagina. Ajude com a respiração: na hora do movimento de sucção, inspire e prenda o ar. Conte até três. Repita dez vezes. Total: 20 repetições. Depois observe a deformidade na banana, com o passar dos dias você perceberá que a banana estará ao final do exercício mais deformada. Através disso você mensura o aumento da sua força muscular dentro da vagina.

4. De pé, com os pés paralelos e distantes 20 centímetros um do outro, contraia o bumbum. Tente unir as nádegas o máximo que puder. Conte até três e relaxe. Faça dez vezes. Repita o exercício contraindo e soltando rapidamente, como se acompanhasse uma respiração ofegante. Conte dez vezes. Total: 20 repetições.

5. De pé, com as pernas semiflexionadas e as mãos na cintura, mova a pélvis para cima e para frente, contraindo o canal da vagina. Conte até três e solte. Faça dez vezes. Depois, faça um movimento circular, como se usasse um bambolê. São quatro movimentos: primeiro, a pélvis vai para cima e para frente; depois o quadril vai para a esquerda; em seguida o bumbum deve ser impinado para trás; por último, o quadril vai para a esquerda. Fala dez giros completos. Total: 20 repetições. Nesse exercício, além da musculatura, você irá treinar a coordenação.

Saiba que na vagina temos vários anéis, veja na figura abaixo, o canal da vagina tem uma série de anéis sobrepostos uns aos outro, você percebe? São mais de 10 anéis, no entanto, 3 deles são os que mais interessam, um na entrada da vagina, um exatamente no meio do canal e o último, perto do colo do útero. Estes irão ser responsáveis pelas maiores sensações e tem a capacidade de se desenvolverem mais do que os outros devido aos exercícios.

Com o passar do tempo você irá aprimorar a técnica e aperfeiçoar-se, usando pêndulos de pompoarismo no lugar da banana. Você os introduzirá e tentará fazer movimentos de expulsar e sugar o pêndulo, simulando o pênis dentro de você. E usará cada vez pêndulos mais pesados, da mesma forma como um fisioculturista usa barras mais pesadas na academia.

Seu objetivo será fazer estes movimentos de sugar e expulsar estando em pé e segurando a corda do pêndulo para evitar que ele caia no chão. Você começará com pêndulos de 20 gramas, aumentando 15 gramas a cada 10 dias.

Cada cor de pêndulo tem um peso diferente, o cor de rosa, por convenção é o mais leve.

Depois de treinar com os pêndulos você passará há uma nova fase, a de usar as bolinhas tailandesas, que na verdade são mais complexas. Elas tem a mesma função que o pêndulo, porém, estão coligadas umas as outras através da corda, seu objetivo é a de sugar e depois expelir uma após a outra dentro do pênis.

Há também bolinhas de pompoar com mais de duas esferas. E para você manter sempre a higiene de suas bolinhas não as empreste para ninguém e as use somente quando não estiver com infecções ginecológicas. Lave com água e sabão e antes de usá-las novamente as mergulhe em álcool á 70% (70% de álcool e 30% de água, pois assim as bactérias são destruídas).

E agora, vamos começar a treinar e enlouquecer os homens? Tenho certeza de que você irá querer ser uma destas mulheres inesquecíveis, não?

Por: Vanessa de Oliveira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s